A Islândia deixou os bancos irem à falência e expandiu a rede de segurança social

31 Outubro 2011

“A Islândia não conseguiu evitar um dano grave da actividade económica ou um declínio significativo do nível de vida. Mas conseguiu conter o aumento do desemprego e o sofrimento dos mais vulneráveis; a rede de segurança social ​​permanece intacta, como a decência mais elementar da sua sociedade.”
Paul R. Krugman: Islandia, el camino que no tomamos, em El País (30/102011)

Advertisements
%d bloggers like this: