Sentar-me com os estudantes de pós-graduação e contar quanto tempo demoram a perceber que não sou um especialista nesse assunto:

Randall Munroe: xkcd > Impostor

Há também tradução espanhola:

obrigado à Eunice e ao Paulo.

Books Ngram Viewer

17 Dezembro 2010

Books Ngram Viewer é uma ferramenta de Google Labs (com a colaboração da Universidade de Harvard, o Instituto Tecnológico de Massachusetts e a Encyclopedia Britannica).

Podemos fazer consultas sobre o uso, nos dois últimos séculos, de 2 mil milhões de palavras em alemão, chinês, espanhol, francês, inglés ou russo.

Mais um fruto do trabalho de digitalização de livros de Google. Contudo, Books Ngram Viewer não mostra a fonte. Já sabem: problemas com essa coisa chamada direitos de autor (copyright, ou quero lá saber) que supostamente serve para proteger a cultura, etc.

Eis um exemplo: escáner em espanhol:

A que corresponderá esse “pico” em 1900?

Continuaremos a brincar com Books Ngram Viewer nos próximos dias.

Visto em  Libros en la nube:   La palabra desatada

Acompanho com regularidade duas revistas de informação ao consumidor, uma portuguesa e outra espanhola: Eroski Consumer. (Como será apenas esta última que vou referir neste post, evito propositadamente o link para a revista portuguesa).
Normalmente gosto das análises, simples e claras, que encontro nelas. Há anos que não compro um eletrodoméstico, ou qualquer outro produto, sem consultar primeiro estas revistas.
Mas será que poderei confiar no que nessas páginas se escreve sobre frigoríficos ou máquinas de lavar se, ao escrever sobre computadores, afirmam coisas como as que seguem?

Linux dispone de numerosas versiones, algunas muy fáciles de usar. Ubuntu es de las más accesibles y se adapta a la perfección a las necesidades de cualquier usuario. Además, es gratis. No obstante su instalación requiere de conocimientos avanzados en informática.

(No artigo “Elegir un ordenador, más difícil de lo que parece“, da edição digital da revista espanhola de informação ao consumidor Eroski Consumer. O sublinhado é meu).

Já experimentaram, os responsáveis da secção de Novas Tecnologias da revista, instalar um versão de Ubuntu? Peço-lhes encarecidamente para tentarem essa “difícil aventura” e depois voltarem a escrever sobre a experiência.

Imagem: Wikipedia > Ubuntu (operating system)

Google eBookstore

6 Dezembro 2010

Vem aí a loja de livros eletrónicos da Google:
– 3 milhões de livros;
– formato ePub (o Kindle de Amazon fica de fora);
– Aplicações para Android e para iPhone/iPad/iPod Touch;
– compra apenas disponível nos EUA (para já);
– livros gratuitos (em inglês) para todo o mundo.

É verdade que um livro digital não é um PDF, mas também é verdade que não tem que ser, necessariamente, uma ostentação de texto, som, vídeo, ligações à internet, etc.
Reconheço que fiquei surpreendido a primeira vez que li, no meu leitor de ebooks, um livro inteiro, seguido, sem links e navegações a interferir na minha leitura demorada (eu leio devagar).

O formato digital não está a matar o livro. Antes pelo contrário, está a torná-lo mais rico. Nessa diversidade, haverá livros digitais e livros analógicos. E os livros digitais terão variados formatos:  haverá os que integrarão todo tipo de gadgets, das  hiperligações aos jogos de vídeo, e haverá os que serão puro texto corrido, que nos convidarão à leitura demorada e não a saltitar de ligação em ligação.

Mas texto puro que poderei ler sem os meus óculos progressivos (aumentando o tamanho dos caracteres) e que poderei continuar a ler no meu telefone enquanto espero pela minha filha à porta da escola.

Espero é que os iPad, os Samsung GalaxyTab, etc. não estraguem tudo.

Foto:  Wikipedia: Bouquin électronique iLiad sur une pile de livre dehors au soleil

ebooks da Barnes & Noble

2 Dezembro 2010

Após ter instalado no meu computador o “eReader for Mac” da Barnes & Noble tentei descarregar um livro para experimentar o leitor. Escolhi um livro gratuito.

Começaram os problemas:

1º. Pede-me para introducir um nº de cartão de crédito (normal, penso eu, estou a comprar, embora por 0 euros)

2º Pede-me para introduzir o endereço de facturação. ok (após alguns problemas com o C. Postal)

3º Clico em comprrar e Surpresa!:

4º Para comprar eum ebook na Barnes&Noble tens de ter um endereço nos EUA.

Pelo que li (depois):

– Não podes comprar o leitor nook fora dos EUA

– Tens que ter um endereço nos EUA para comprar ebooks

– Tens que entrar com um IP dos EUA

– Aceita, contudo, cartões de crédito de qualquer país.

– O sistema de e”emprestar” ebooks só funciona nos EUA

Conclusão: continuo com o meu kindle e com a loja Amazon

A música em Pessoa

1 Dezembro 2010

A música em Pessoa (Biscoito Fino)

Faixas CD:
01 O Rio da Minha Aldeia (Alberto Caeiro / Tom Jobim) Voz: Tom Jobim  2m42s
02 Segue o Teu Destino (Ricardo Reis / Sueli Costa) Voz: Nana Caymmi  2m28s
03 Glosa (Fernando Pessoa / Francis Hime) Voz: Francis e Olivia Hime     2m51s
04 Meantime (Fernando Pessoa / Ritchie) Voz: Ritchie  4m21s
05 Emissário de um Rei Desconhecido (Fernando Pessoa / Milton Nascimento) Voz: Eugênia Melo e Castro  4m06s
06 Passagem das Horas (Álvaro de Campos / Francis Hime) Voz: Marco Nanini  5m23s
07 Meus Pensamentos de Mágoa (Fernando Pessoa / Edu Lôbo) Voz: Edu Lôbo  3m17s
08 Livro do Desassossêgo (Bernardo Soares, Olivia Byington, Edgard Duvivier) Voz: Olivia Byington  2m43s
09 Saudade Dada (Fernando Pessoa / Arrigo Barnabé) Voz: Arrigo Barnabé  50s
10 Na Ribeira deste Rio (Fernando Pessoa / Dori Caymmi) Voz: Dori Caymmi  3m59s
11 Cavaleiro Monge (Fernando Pessoa / Tom Jobim) Voz: Tom Jobim  1m44s
12 O Menino da Sua Mãe (Fernando Pessoa / Francis Hime) Interpretação: Marília Pêra  1m43s
13 Quem Bate à Minha Porta (Fernando Pessoa / Arrigo Barnabé) Voz: Vania Bastos  4m00s
14 Cruzou por Mim, Veio Ter Comigo Numa Rua da Baixa (Álvaro de Campos / Nando Carneiro) Interpretação: Jô Soares  3m58s
15 Autopsicografia (Fernando Pessoa / Tom Jobim) Voz: Tom Jobim  1m17s

via: Cuando los elefantes sueñan con la música – Recordando a Pessoa un 30 de noviembre – 30/11/10 

imagem: Biscoito Fino

%d bloggers like this: