Juan González Maestro

3 Maio 2010

Ontem foi-se embora um amigo de longa data.

Juan González Maestro, natural de Barruelo de Santullán (Palencia, España), cidadão de Vigo e de Torrelavega.

Um homem solidário e generoso, que dedicou toda a sua vida a lutar pela melhoria das condições de vida nos bairros sociais, a lutar contra a falta de infraestruturas, contra a marginação, pelo direito às zonas verdes,…

Hoje quero acreditar que o teu Deus existe. Mostra-Lhe, Juan, os montes que tu conheces. Senta-te, com Ele, a fumar um cigarro na Bouça, na tua Bouça. “A Bouza é nosa!

Foto:  El Diario Montañés > Consternación en Covadonga por la muerte de uno de sus frailes

Atualização:

Viajei a Cantabria, junto com o meu irmão, para te dizermos adeus.

Ao chegar caía neve na tua terra. Hoje algumas estradas estão fechadas. A neve vai acompanhar-te a Palencia amigo.

Lembras-te do que isso significava no filme A Balada do Narayama?

Será que foi contigo que vi o filme em Vigo?

imagem: Wikipedia > The Ballad of Narayama (1983 film)

Anúncios

3 Responses to “Juan González Maestro”

  1. begonha caamanho Says:

    É em pessoras como Juan que a palavra caridade ten rostro de justiza, que a fé soa a compromisso, que Deus sabe a humanidade e que a esperança nao é uma promesa, mas uma luta!

    “…e non de Fenosa”

  2. Agustin Iriarte Says:

    Juan, hoje a Bouça é um dos fruitos da tua luita. Quando esteja com o meu filho Pablo a jogar na tua Bouça, falarei-lhe de ti amigo Juan.

  3. Xandra Says:

    Juan, é exemplo de honestidade e generosidade.
    Deses casos excepcionais que dignifican a igreja.

    “A Bouza”, e todo o que significa, é de todos grazas a pessoas coma el.


Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: