Fiquei decepcionado com a leitura de Mágoas da Escola, de Daniel Pennac.

Repetitivo, lamechas (as minhas expectativas eram grandes e não quis ver a capa como um prenúncio disso). Aborrecido. Sobram páginas. Foi pena.
Digo isto com todo o respeito pelo autor de Como um romance, que vale sempre a pena ler ou reler.

Daniel Pennac (2009) Mágoas da Escola. Porto: Porto Editora; 256 páginas; ISBN: 978-972-0-04501-0.

Daniel Pennac (2009) Com Um Romance. Porto: Asa; 174 páginas; ISBN: 972-41-1200-4.

Coro e Orquestra Académica do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho

Concerto

Dia 21 de Novembro de 2009 às 18.00

Igreja do Mosteiro de S. Martinho de Tibães

(Entrada Livre)

Programa

Joaquim dos Santos

Fantasia Conventual para orquestra de sopros e voz

J. Haydn

Concerto para trompete e orquestra

Te Deum para coro e orquestra

Dir. Vitor Matos

Vasco de Faria, trompete

Organização:

Universidade do Minho

Instituto de Letras e Ciências Humanas

Departamento de Música

Foto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Tibaes.jpg

“…
Tudo começou (e perdoe-me se me enganar em alguma informação ou data, mas fica com espírito da coisa) no século XVIII, quando as mulheres passaram a poder administrar os seus bens. Em 1876 o marido perdeu o direito de bater na esposa (mas como ainda havia algum respeito por essa instituição milenar podia obrigá-la a regressar ao lar). Em 1919 deixou de vigorar a sensata regra que definia que para a mulher se separar por adultério teria de provar que este tinha sido feito com escândalo público, desamparo e introdução da concubina no domicílio conjugal e que para o marido bastava acusá-la do pulo da cerca. Em 1966, veja bem isto, Pedro, a esposa passou a poder exercer profissões liberais ou ser funcionária pública sem precisar da autorização do marido. Este podia, vá lá, a qualquer altura, denunciar o contrato de trabalho da esposa. Ainda assim, a mulher passou a poder movimentar contas bancárias e operações administrativas e a ter património próprio. Claro que as desvairadas gastavam tudo no cabeleireiro. A partir de 1969 a mulher passou a poder viajar sem sequer ter de pedir autorização ao marido. Imagine o que era chegar a casa para jantar e a mulher ter zarpado para Paris sem passar cavaco a ninguém. Há algum contrato que sobreviva a isto? Em 1975 deixou de vigorar a regra que garantia uma pena de prisão para a esposa que matasse o marido infiel e apenas uma multa para o homem que perdesse a cabeça. Lá estavam eles a querer tratar o que é diferente de forma igual. Em mais uma inacreditável intromissão do Estado nos valores da família, base de toda a sociedade, em 1976 o marido deixou de poder abrir a correspondência da sua cara metade. E, facada final, o marido perdeu o estatuto de “chefe de família” em 1978.

…”
Daniel Oliveira: ArrastãoJá é tarde, Pedro Picoito

 

 

O Novo Google Translate

18 Novembro 2009

O Novo Google Translate
Para além de traduzir texto ou páginas da web, o novo Google Translate tem novas funcionalidades:
–  tradução em tempo real (traduz o texto enquanto o digitamos);
–  detecta automaticaemnte a língua e partida;
–  ao traduzir para o Inglês, podemos ouvir as traduções, clicando no ícone do altifalante.

Podemos ver uma demonstração aqui.

Fonte: The official Google Blog > A new look for Google Translate

Circe ou o pracer do azul, de Begoña Caamaño
apresentação do livro:
Quarta-feira, 18 de Novembro, às 20 horas
Livraria Couceiro, Santiago de Compostela
Coa caída da folla tamén chegarán as páxinas da primeira novela da xornalista Begoña Caamaño. En Circe ou o pracer do azul (Galaxia) fai reescrita  da historia de Penélope, a quen libera da condena á espera polo home ausente.” Belén Puñal (Protexta)

Fuxan os ventos: Brazilian

9 Novembro 2009

adorei!

Explico-me. Adorei isto: Genre: Brazilian

Imagem 1

Claude Lévi-Strauss (Bruxelas, 28 de novembro de 1908 — Paris, 31 de outubro de 2009)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Claude_Lévi-Strauss (2009/11/03; 20h00)

Claude Lévi-Strauss, né le 28 novembre 1908 à Bruxelles1 et mort le 1er novembre 2009
http://fr.wikipedia.org/wiki/Claude_Lévi-Strauss (2009/11/03; 20h00)

Claude Lévi-Strauss, nacido o 28 de novembro de 1908 en Bruxelas (Bélxica), morto o 2 de novembro de 2009.
http://gl.wikipedia.org/wiki/Claude_Lévi-Strauss (2009/11/03; 20h00)

?

%d bloggers like this: