A jornalista rusa Anna Politkovskaya recebeu ontem, a título póstumo, o prémio da liberdade de imprensa da UNESCO “Guillermo Cano”.
A entrega oficial do prémio será no dia mundial da liberdade de imprensa (3 de mayo), em Medellín, cidade natal de Guillermo Cano, assassinado há vinte anos, após ter denunciado os cartéis da droga.

Fonte: LaVanguardia.es: Ana Politkovskaya recibe a título póstumo el premio de libertad de prensa de la UNESCO.

Atom: caderno de casa

30 Março 2007

Teste para um link caderno de casa: caderno de casa
Preciso de um bom tutorial para ferramentas tipo “Atom”, etc.

Excelente a primeira entrega na RTP1 de “Portugal – Um Retrato Social”, série da autoria de António Barreto e realizada por Joana Pontes, que retrata a sociedade portuguesa contemporânea.

Havia muito tempo que não “ficava preso” à TV da maneira que fiquei.

Ficam marcados na minha agenda os próximos 6 episódios (terças, das 21 às 22 horas).

Citizendium

27 Março 2007

O projecto-piloto da Citizendium, enciclopédia on-line gratuita, foi concluído no dia 25 de Março e agora já está disponível para o público em geral (embora em fase beta).

Neste projecto, concorrente da Wikipédia, os conteúdos não poderão ser actualizados por qualquer pessoa uma vez que há um conjunto de editores e de revisores (com título académico) especializados nos conteúdos com que se vai trabalhar.

É possível, contudo, colaborar na Citizendium, mas os autores deverão registar-se com o nome real, para evitar problemas como o que há pouco teve a Wikipédia com a identidade de um dos seus editores (vd. Controvérsia Essjay).

Congressos

25 Março 2007

Sempre tive sérias dúvidas sobre a utilidade dos congressos em geral, e dos congressos nas áreas das humanidades em particular. Leio hoje, em ElPais.com um bom retrato dos mesmos, feito por Juan Luis Cebrián:

“Para qué vale un Congreso de la Lengua? O, quizás, la pregunta debería ser: ¿para qué valen, generalmente, los congresos? Muchos creen que se trata de organizaciones al servicio del turismo de lujo, pretextos para evadirse por unos días del tedio cotidiano y, de paso, encontrarse con colegas e intercambiar experiencias, muy poco enriquecedoras contra lo que reza el tópico tradicional. También suelen constituir abigarradas colecciones de egos, que pugnan por sentarse en los mejores sitios del protocolo, entendiendo que son aquellos que se avecinan más al poder político y sus representaciones. Es frecuente que los congresos -incluido el famoso de Viena- adopten resoluciones que nadie cumple, anuncien investigaciones que nunca culminan y esparzan al viento discursos que jamás ningún mortal escucha. Por lo demás siempre hay mecenas privados o públicos dispuestos a financiar con largueza sus vanidades, a veces tan esmirriadas como el aparecer en una fotografía junto a un jefe de Estado.

…”

Fonte: ElPais.com: Babelia: «Google-‘gúguel’»

Os feministas

24 Março 2007

“Os feministas” é o tema do monográfico nº 22 da revista galega “Festa da Palabra Silenciada” (Concelho de Vigo, Galiza, 2006).

A publicação de pensamento feminista quer lembrar, ou dar a conhecer, ao grande público a contribuição para a criação do pensamento feminista de alguns homens, do Iluminismo à actualidade:

Poullain de la Barre (1647-1725)

Benito Feijóo (1676-1764)

Martínho Sarmiento (1695-1772)

O marquês de Condorcet (1743-1794)

Vicente do Seixo (1747-1802)

– William Thompson

John Stuart Mill (1806-1873)

Carl Djerassi (1923) (o criador da pílula anticoncepcional)

Pierre Bourdieu (1930-2002)

Quino (1932) (autor de Mafalda)

Fonte: A Nosa Terra: “Os homes feministas protagonizan o último número da Festa da Palabra”.

Palestina

22 Março 2007

«El relator especial de la ONU asegura que la ocupación israelí de Palestina “tiene elementos de ‘apartheid”

“En la presentación de su informe anual, el experto de la ONU ha sostenido que “los asentamientos judíos en Gaza y Cisjordania, con una población de casi medio millón de personas, constituyen una forma de colonialismo” y violan la Cuarta Convención de Ginebra. Sobre los elementos que a su juicio hacen comparable la situación palestina con la que vivían los surafricanos negros durante el régimen de segregación racial del apartheid, ha señalado “las restricciones de movimiento dentro de Cisjordania y del valle del río Jordán, que se parecen a la ley de tránsito de entonces, tanto por su naturaleza discriminatoria como por su brutal aplicación”.»
Fonte: ELPAIS.com

"Papel a Web"

20 Março 2007

Ao consultar a versão on-line da Revista IO, de Intermón Oxfam, descobri o formato Papel a Web. Trata-se de um formato digital de publicações (revistas, catálogos, etc.) originariamente existentes em formato papel, que oferece todos os benefícios do papel acrescentando muitas das potencialidades das novas tecnologias.

Eis algumas características deste formato , do ponto de vista dos usuários:
não requer instalar qualquer programa adicional;
– é compatível com qualquer sistema ou navegador;
– permite zoom, índices de miniaturas de páginas, índices de conteúdos, de anunciantes; conteúdos multimédia, imprimir, procurar, etc.

Mas o que é realmente espectacular é que simula o papel com total realismo, criando una experiência visual muito agradável, dando a impressão de que estamos a “folhear” a revista.

“É verdade que os ODM [Objectivos de Desenvolvimento do Milénio] por si mesmos não são nenhuma maravilha (não se pode acabar com a pobreza mas reduzi-la para metade) mas precisamente por isso acho que vão ser cumpridos. Seria escandaloso não alcançar uns objectivos tão modestos.

De qualquer maneira, devemos ser capazes de infundir entre os activistas, mas principalmente entre os políticos, uma certa urgência.
No 11-S, três mil pessoas perderam a vida num ataque terrorista horroroso mas cada dia morrem doze mil pessoas por culpa da malária, uma doença evitável. É o que eu chamo de “genocídio passivo”, um “tsunami silencioso”, que deveria afectar o nosso sentido da ética, todo o nosso sentido de identidade como raça humana.”

Kumi Naidoo (Secretário Geral da CIVICUS)

Fonte: Revista IO (Intermón Oxfam)

ACTUALIZAÇÃO (2007/04/04):

Fonte: Worldmapper > Malaria Cases

Motores de busca

18 Março 2007

Los intentos más serios para acabar con el reinado de Google se están desarrollando desde el mundo de la inteligencia artificial, que intentan buscar la manera de aproximar el lenguaje natural al de las búsquedas para que éstas respondan a preguntas complejas. Un ejemplo es hakia.com, que responde a preguntas directas, o chacha.com, que combina datos del algoritmo con otros proporcionados por seres humanos.

ElPAIS.com: Competidores que desafían al gigante.
Mais sobre motores de busca na Wikipédia e na Wikipedia

%d bloggers like this: