Tradutor automático espanhol-português

Será que as diferenças entre o espanhol e o português escritos são apenas de tipo gráfico e pouco mais?

É pena que o tradutor automático traducíndote a que se pode aceder pela página de recursos digitais do Centro Virtual Camões seja tão limitado.

E não nos estamos a referir exclusivamente a questões puramente idiomáticas, tipo:

espanhol ——————português “traducíndote” —–português

Dormir como un lirón. ——Dormir como um lirón. ——–Dormir como uma pedra.
Sordo como una tapia. ——Surdo como uma tapia. ———Surdo como uma porta


português ——————-espanhol “traducíndote” ——–espanhol

Dormir como uma pedra. —-Dormir como una piedra. ——Dormir como un lirón.
Surdo como uma porta. ——-Sordo como una puerta. ——–Sordo como una tapia


A questão ultrapassa o puramente idiomático para entrar em aspectos não só de tipo morfológico, sintáctico ou semântico, como também em aspectos de tipo puramente lexical (combinatórios) que as regras da gramática não conseguem descrever, como por exemplo:

espanhol ———————–português “traducíndote” ———–português

Los zapatos se habían roto. –Os zapatos tinham-­se rompido. –Os sapatos tinham- ­se rompido
Un buen constipado. ————Um bom constipado. ——————-Uma boa constipação.
Trabajo cansado. ——————Trabalho cansado. ———————–Trabalho cansativo.
Presidir una reunión. ————Presidir uma reunião. —————-Presidir a uma reunião.
Recurrir la decisión. ————-Recorrer a decisão. ——————-Recorrer da decisão.
Legumbres tiernas. —————Legumbres ternas. ——————–Legumes tenros.
Canciones tiernas. —————-Canções ternas. ————————-Canções ternas.
Estar prohibido. ——————–Estar proibido. —————————-Ser proibido.
Ser inocente. ————————Ser inocente. —————————–Estar inocente.
Estar obligado a. ——————–Estar obrigado a. ————————Ser obrigado a.
Estar bien equipado. ————-Estar bem equipado.——————-Ser bem equipado.
El motor no arranca. ————O motor não arranca. —————–O motor não pega/arranca
Arma arrojadiza. ——————-Arma arrojadiza. ————————-Arma de arremesso.
Cinta aislante. ———————–Fita aislante. ——————————Fita isoladora.
Caza de brujas. ——————–Caça de bruxas. ————————–Caça às bruxas.
Estar de más. ———————-Estar a mais. ——————————Estar a mais.
Pie adormecido. ——————Pie adormecido. ————————–Pé dormente.
Quitarse las gafas. ————–Tirar­se as gafas. ————————-Tirar os óculos.
Recurrir la decisión. ———-Recorrer a decisão. ——————Recorrer da decisão.
Brazos musculosos. ————Braços musculosos. —————–Braços musculados.
Remolacha azucarera. ——–Remolacha azucarera. ————–Beterraba sacarina.
Televisión en color. ———-Televisão em cor. ———————Televisão a cores.
Leche entera. ——————–Leite inteiro. —————————–Leite gordo.
Aterrizaje forzoso. ————-Aterragem forçada. ——————-Aterragem forçada.
Hacer una fotocopia. ———Fazer uma fotocopia. —————-Tirar uma fotocópia.
Hacer una sugerencia. ——-Fazer uma sugestão. —————–Dar uma sugestão.
Hoy hace frío. ——————–Hoje faz frio. —————————–Hoje está frio.
Irse la luz. —————————Ir­se a luz. ———————————-Falhar a luz.
Latidos del corazón. ————Batidos do coração. ——————Batidas do coração.
Heridos leves. ——————–Feridos leves. —————————Feridos ligeiros.
Llevarse bien. ——————-Levar­se bem. —————————–Dar­se bem.
Montar la nata. ——————Montar a nata. —————————Bater as natas.
Buen provecho. —————-Bom proveito. —————————Bom apetite.
Rellenar un impreso. ——–Rechear um impresso. ————-Preencher um impresso.
Sacar una conclusión. ——-Sacar uma conclusão. —————Tirar uma conclusão.
Seguir una película en inglés. -Seguir um filme em inglês. –Acompanhar um filme em inglês.
Tener sentido. ——————Fazer sentido. —————————-Fazer sentido.
Chiste verde. ——————–Chiste verde. —————————-Piada picante; piada porca.

português —————————-espanhol “traducíndote” —————-espanhol

Os sapatos tinham- ­se rompido. –Los sapatos se habían roto. –Los zapatos se habían roto.
Uma boa constipação. ——-Una buena constipação. ———-Un buen constipado.
Trabalho cansativo. ———-Trabajo cansativo. ——————-Trabajo cansado.
Presidir a uma reunião. —–Presidir a una reunión. ———–Presidir una reunión.
Recorrer da decisão. ———Recurrir de la decisión. ———-Recurrir la decisión.
Legumes tenros. —————-Legumes tiernos. ——————-Legumbres tiernas.
Canções ternas. —————–Canciones tiernas. —————–Canciones tiernas.
Ser proibido.———————–Ser prohibido. ————————Estar prohibido.
Estar inocente. ——————Estar inocente. ———————-Ser inocente.
Ser obrigado a. ——————-Ser gracias a. ————————-Estar obligado a.
Ser bem equipado. ————–Ser bien equipado. —————-Estar bien equipado.
O motor não pega. ————–El motor no coge. —————–El motor no arranca.
Arma de arremesso. ———–Arma de arremesso. ————–Arma arrojadiza.
Fita isoladora. ——————–Cinta isoladora. ———————–Cinta aislante
Caça às bruxas. —————–Caza a la brujas. ———————-Caza de brujas.
Estar a mais. ———————Estar de más. —————————Estar de más.
Pé dormente. ——————–Pie dormente. ————————-Pie adormecido.
Tirar os óculos. —————-Quitar los óculos. ——————-Quitarse las gafas.
Recorrer da decisão. ——–Recurrir de la decisión. ———-Recurrir la decisión.
Braços musculados. ———-Brazos musculados. —————-Brazos musculosos.
Beterraba sacarina. ———-Beterraba sacarina. —————–Remolacha azucarera.
Televisão a cores. ———–Televisión la colores. ————–Televisión en color.
Leite gordo. ———————-Leche gordo. —————————-Leche entera.
Aterragem forçada. ———-Aterrizaje forzado. ——————-Aterrizaje forzoso.
Tirar uma fotocópia. ——-Quitar una fotocópia. —————Hacer una fotocopia.
Dar uma sugestão. ———–Dar una sugerencia. —————–Hacer una sugerencia.
Hoje está frio. —————–Hoy está frío. —————————Hoy hace frío.
Falhar a luz. ———————Fallar la luz. ——————————-Irse la luz.
Batidas do coração. ———-Batidas del corazón. ——————Latidos del corazón.
Feridos ligeiros. —————Heridos ligeros. ————————Heridos leves.
Dar­se bem. ———————-Darse bien. ——————————–Llevarse bien.
Bater as natas. —————–Batir las natas. ————————–Montar la nata.
Bom apetite. ——————–Bueno apetite. ————————–Buen provecho.
Preencher um impresso. –Llenar un impreso. —————–Rellenar un impreso.
Tirar uma conclusão. ——-Quitar una conclusión. ————Sacar una conclusión.
Acompanhar um filme em inglês. -Acompañar una película en inglés. -Seguir una película en inglés.
Fazer sentido. ——————Tener sentido. ————————-Tener sentido.

Piada picante; piada porca. -Piada picante; piada cerda. —-Chiste verde.

Tradutor automático espanhol-português Tradutor automático espanhol-português

StarDict é um dicionário multilingue, que pode ser usado off-line, onde se pode procurar o significado das palavras ou o equivalente noutras línguas. Basta fazer o download da língua desejada e adicioná-la na base de dados do dicionário.

Na pesquisa, conforme digitamos o termo, o programa procura na base de dados e vai mostrando os eventuais resultados em todas as línguas de que fizemos download.
Interessante também é a capacidade de ir exibindo resultados com grafias parecidas ou com significados semelhantes. Esta procura “difusa” (“fuzzy”) é muito útil quando desconhecemos a grafia exacta de um termo.

O site do projeto é: http://stardict.sourceforge.net/

Pode descargá-lo também em baixaki.

Vd. em MilMazz: StarDict: El diccionario que buscaba.
Vd.: Dica: Dicionário StarDict (na debian-user-portuguese mailing list)

Comentário anónimo no Público à notícia do eventual encerramento, na Universidade de Cambridge, em Inglaterra, da licenciatura em Português, a partir do final do próximo ano lectivo, devido à falta de verbas:

Universidade de Cambridge poderá recuar na decisão de extinguir a sua licenciatura em Português 29.01.2007 – 17h14 Ana Machado

Há um pequeno dado que nao foi dado aqui…
Por Anónimo – Lisboa

Há um pequeno dado que não foi dado aqui, e nem é referido pelo instituto camões e afins. Os alunos que saem do curso de português em Cambridge seguem estudos pós-graduados? E os que seguem, dão origem a publicações científicas relevantes? É que nas universidades da GB não se valoriza apenas o número de alunos como em Portugal, mas valoriza-se também a produção científica que esses alunos originam. Ou seja, na GB um curso pode ter apenas dois alunos por ano, se esses alunos acabarem, por norma, por publicar nas revistas científicas mais cotadas da área. Já em Portugal isso não acontece, e é por isso que Portugal tem dos sistemas académicos mais fortes do mundo, não é? A noção de “custo-benefício” não é de todo linear! Quanto aos ingleses explorarem os portugueses, Portugal também explora e de forma bastante vil países menos desenvolvidos como Angola, Moçambique e mesmo o Brasil. É assim a nossa filosofia económica, e nenhum país ocidental está livre de críticas.

Novartis quer restringir o direito da Índia a produzir medicamentos genéricos. Isto poderia impedir o acesso das pessoas mais pobres a medicamentos mais baratos.
Exigimos à farmacêutica Novartis que não crie obstáculos aos países mais pobres no acesso a medicamentos básicos. Podes assinar nesta página de Intermón Oxfam.

Campanha de Médicos Sin Fronteras e Intermón Oxfam.

Ajuda a difundir esta informação. Reenvia este link aos teus amigos:

http://www.comercioconjusticia.com/index.php?file=patentes_intro.htm

Vd. também post de sexta-feira, 17 de Novembro de 2006: Acesso a medicamentos (“Patentes contra doentes”)

dnScoop

30 Janeiro 2007

Leio em La brújula verde: dnScoop, información de dominios al instante

(de Guillermo Carvajal )

dnScoop é uma ferramenta web que nos facilata informação sobre domínios (data de criação, PageRank, número de links, etc.)

«Site alemão oferece ‘manifestantes de aluguel’», em Defenda as suas causas numa lógica capitalista:)., no murcon.

NOTA1: “gato-pingado s.m. (pop.) indivíduo mercenário que acompanha os enterros empunhando uma tocha” (Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora).

NOTA2: A noiseformind, que, num comentário ao post, se lamenta de não termos registado a patente das “carpideiras”, que “vá chorar a Cangas!” (vd. Patentes) ;-)

Filhos de pais covardes?

24 Janeiro 2007

Encontro uma anotação perdida no meio dos meus papéis sobre a questão da coragem e da cobardia de que já falei.

Há uns tempos, no programa dos Serviços Informativos da Televisão Espanhola, Los Desayunos de RTVE, ouvi dizer a uma jornalista do diário El Mundo que “o medo não tinha justificação no estado de direito espanhol”, que o medo “era pessoal”.

Discordo. Ser cobarde, ter medo, é mais dos perdedores, dos pobres, dos “deserdados”. O filho de uma família rica, estável, etc. nasce também aqui “com o prato cheio” (de coragem).

Quando as pessoas estão com medo, “falam das suas coisas em voz baixa e na cozinha da sua casa”, como alguém disse nesse mesmo programa, “não se significam…”

Sinto não me lembrar de quem era que falava.

%d bloggers like this: